Previous Next

Sintra Portugal Pro- 2017 Praia Grande

A bodyboarder luso-germânica Joana Shenker venceu a ex-campeã, e sua amiga, espano-germânica Alexandra Rinder, numa final emocionante. em 3º lugar classificou-se a campeã mundial em título Isabela Sousa, do Brasil.

Esta vitória, na prova mais pontuada do circuito feminino (4.000 pontos), colocou Joana Shenker na liderança do ranking mundial feminino, lançando-a no rumo de um eventual título mundial de bodyboard, quando ainda restam três provas por realizar, até ao fim de outubro.

A próxima prova é na Ilha da Madeira já este fim de semana, 23 e 24 de setembro, e a seguinte, entre 3 e 12 de outubro, na Nazaré e a última prova em Galdar, nas Canárias, entre 14 e 28 de outubro.

O ranking contabiliza as pontuações das três melhores provas de cada bodyboarder.

Durante os 22 anos da Etapa Mundial Sintra Portugal Pro na Praia Grande, apenas 3 portugueses lograram vencer esta prova, Manuel Centeno em 2003, Catarina Sousa, em 2009 e Joana Shenker 2017.

Merece destaque igualmente a prestação dos portugueses Tomás Rosado e Joel Rodrigues que chegaram à meia-final do Pro-júnior  sub-21.

Na prova de Bodyboard Dropknee o triunfo foi para o havaiano Sammy Morretino, que conquistou o seu primeiro título mundial numa final frente ao seu compatriota heptacampeão mundial, e lenda viva da modalidade, Dave Hubbard. Em 3º lugar “ex-aequo” ficaram  o peruano César Bauer e o francês Amaury Lavernhe.

O sul-africano Iain Campbell, líder do “ranking” APB  venceu o baiano Uri Valadão na  prova Open, numa disputa muito acirrada, com esta vitória Iain ficou bem no ranking.   Em 3º lugar ficou  Alex Uranga  ultrapassando o campeão mundial em título, Pierre Louis Costes, ficou pelo quarto lugar.

 

Veja os os melhores momentos desta edição aqui.

Mais vídeos: vídeo1 | vídeo2 | vídeo3 | vídeo4 | vídeo5